Plutarco (46/48 d.C.-125/127 d.C.)

Plutarco (46/48 d.C.-125/127 d.C.)

eu’homossexualidade estava tão profundamente enraizado Cultura grega, quem considerou o pederastia, ou a ligação entre homem adulto e menino, a forma do amor ideal, até olhar com desprezo a atração de um homem por uma mulher, fruta, de acordo com esse tipo de mentalidade, dos instintos mais baixos.

Esse era o pensamento atual dos intelectuais da época, entre os quais podemos tomar como exemplo Plutarco (46/48 d.C.-125/127 d.C.), cuja opinião sobre isso é esclarecedora:

"O verdadeiro amor não tem lugar no harém e, Eu digo isso, não é amor o que você sente por mulheres e meninas. Seria igualmente absurdo chamar de amor o que você sente que voa por leite, abelhas para mel, ou criadores e cozinheiros de bezerros ou aves que engordam ".

Eu diria que não poderia ter sido mais claro do que isso (foto da: studenti.it).